quinta-feira, agosto 16, 2007

Maria #2



[acrilico e lápis de cor s/ papel, 20x30cm]

5 comentários:

Cristina D'Eça Leal disse...

A tua Maria é uma recordação?

Luísa R. disse...

Submissa, apagada.
Uma vida na sombra.
Mas central e pilar.

A tua Maria tem, literalmente, a vida negra...

Luísa R. disse...

Estava agora a reparar...
A cena passa-se num estúdio.
A família está a posar para um fotógrafo.
Como cenário, um céu azul, um jardim. À direita, uma coluna (jónica?).
Uma paisagem idílica, um paraíso de fazer de conta...
Mas a Maria não consegue fazer de conta.

pedro disse...

é isso luisa! acertaste em cheio na segunda interpretação. No mumblingbrush sou mais explicativo ...

cristina, não é uma recordação minha, é fantasiado, mas deve ter alguma recordação inconsciente, sem dúvida, uma vez que nunca tirei fotos familiares destas. Mas sempre me fascinou imaginar os estados de espirito de cada elemento nas fotos deste género ...

Cristina D'Eça Leal disse...

Expliquei mal, desculpa. Não perguntei se a Maria era uma recordação tua, referia-me a uma recordação da família retratada; ou seja, ela parece já não existir fisicamente mas a sua presença permanece indelével.